Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Direito a fazer parte

Sem querer ser pessimista, todos sabemos que não é fácil andar por cá. Há claramente momentos simples e tranquilos, talvez na sua maioria.

11 fev 2024

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Jingle bells

Se o Natal nos dói por alguma razão, é importante aceitar os nossos sentimentos mesmo que diferentes dos da maioria das pessoas que nos rodeiam, porque continuam a ser válidos e legítimos

20 dez 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Que mulher é essa

É muito bonito ser mulher, mas continua a ser muito mais fácil ser homem

18 nov 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Regresso às aulas

Manter uma comunicação aberta e empática, mostrar disponibilidade e interesse pela vida da criança/jovem é essencial

26 set 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Culturoterapia

A cultura aproxima, oferece espaços para a autoexpressão, aprendizagem e descoberta, permite encontros significativos com o outro e torna as comunidades mais saudáveis

30 jun 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Álbuns de histórias

Para além dos anos que contamos efetivamente a cada movimento de translação da Terra, cabe também nesta contagem um sem número de anos de vida de outros que convergiram na nossa existência

21 mai 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Quem muito dorme, muito sabe

De que equipa fazem parte? Dos que acordam a assobiar ou dos que praguejam com o despertador?

9 abr 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Convergências

Há coisas que não precisam de ser observadas e materializadas para existirem, tornam-se reais assim que as sentimos e a única forma de validar a sua existência passa por experienciá- las.

5 mar 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

À beira do fim

O que fazer quando os avós se vão? Como explicar que não vão voltar?

1 fev 2023

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

A que vos cheira o Natal?

Como é que um cheiro é capaz de trazer à tona memórias há anos adormecidas e muitas vezes julgadas inexistentes? 

20 dez 2022

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Turbulências da parentalidade

Pior que ter os pais separados é ser cúmplice de um relacionamento insatisfatório e disfuncional

18 nov 2022

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Invisibilidades

Basta alguém ser “diferente” e fugir à definição social de norma para ficar exposto a comportamentos e comentários discriminatórios. O bullying surge como consequência e reflexo da existência de hierarquias sociais de poder, sendo também utilizado como mecanismo para a perpetuação dessas mesmas desigualdades e hierarquias. Por isso, enquanto a sociedade não muda, mudemo-nos a nós próprios e ajudemos os mais novos a ver o outro como igual a si.

10 out 2022

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

O que estamos cá a fazer?

Encontrar um sentido de propósito para a vida não é tão simples como parece, é antes um processo em permanente reconstrução, que pode ser alterado em função das experiências que vivemos.

2 set 2022

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Aqui e agora

Parar, pensar sobre o que se pensa e sente, perceber que os pensamentos são apenas isso, refletir sobre as experiências que se vivem, são sementes que levam à capacidade de autorregulação

2 jul 2022

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

Cláudia Camponez, psicóloga educacional

A criança é o pai do homem

A utilização de aparelhos digitais antes dos 24 meses de idade não é recomendada, pois as crianças necessitam de interagir com os cuidadores e explorar o meio que os rodeia para adquirirem capacidades cognitivas, emocionais, motoras e de linguagem.

24 mai 2022